Pausa deste blog

lundi 12 février 2024

Coelho Neto - "Ser Mãe / Être mère"

.....

Henrique Maximiano Coelho Neto (1864-1934) est né à Caxias, Maranhão, au Brésil. Il était le fils du portugais António da Fonseca Coelho et de Ana Silvestre Coelho d’origine indienne.

 


Coelho Neto était un écrivain, homme politique, professeur brésilien, membre fondateur de l'Académie brésilienne, occupant la chaire numéro 2. considéré comme l'un des plus grands écrivains brésiliens du début du XXe siècle.


Henrique Maximiano Coelho Neto nasceu na Rua da Palma (hoje Coelho Neto), em Caxias, Maranhão no dia 20 de fevereiro de 1864. Era filho do português Antônio da Fonseca Coelho e da Ana Silvestre Coelho descendente de pais indígenas.

Coelho Neto (1864-1934) foi escritor, político e professor brasileiro. Foi considerado um dos maiores escritores brasileiros do começo do século XX. Membro fundador da cadeira n.º 2 da Academia Brasileira de Letras.

De sua extensa obra literária destacamos um soneto que se tornaria famoso "Ser Mãe".

Ser mãe é desdobrar fibra por fibra
o coração! Ser mãe é ter no alheio
lábio que suga, o pedestal do seio,
onde a vida, onde o amor cantando, vibra.

Ser mãe é ser um anjo que se libra
sobre um berço dormindo! É ser anseio,
é ser temeridade, é ser receio,
é ser força que os males equilibra!

Todo o bem que a mãe goza é bem do filho,
espelho em que se mira afortunada,
Luz que lhe põe nos olhos novo brilho!

Ser mãe é andar chorando num sorriso!
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!
Ser mãe é padecer num paraíso!

Avec ma traduction d'amateur de ce joli sonnet "Être Mère":


Être mère, c'est fibre par fibre celle qui déploit
son cœur! Être mère, c'est avoir dans les lèvres
d'autrui, le piédestal de son sein,
où la vie, où l'amour en chantant frémit.

Être mère, c'est être un ange qui se libère
au-dessus d'un berceau qui dort ! C'est être le désir,
c'est être téméraire, être la crainte,
c'est être la force qui équilibre les maux!

Tout le bien que la mère reçoit est pour son enfant,
le miroir dans lequel elle se voit bienheureuse,
la lumière qui donne à ses yeux un nouvel éclat!

Être mère, c'est pleurer tout en souriant!
Être mère, c'est avoir le monde et n'avoir rien!
Être mère, c'est souffrir dans un paradis!

8 commentaires:

  1. Olá, querida amiga Ângela!
    "Ser mãe é andar chorando num sorriso!"
    Gostei que tenha vindo nos dar notícias e trazer um belo poema.
    Mãe vive um paraíso em todo padecimento.
    Tenha um Carnaval abençoado!
    Beijinhos com carinho

    RépondreSupprimer
  2. Olá querida Roselia,
    muito obrigada
    gostei de ler o soneto, que transmite imensa sensibilidade no que diz respeito às emoções e sentimentos de ser mãe:)
    beijinhos
    de Carnaval ainda temos o dia de amanhã
    no domingo foi cancelado em muitas cidades devido à chuva e ao vento que se fez sentir em várias regiões do país

    RépondreSupprimer
  3. Olá querida Angela como está você?
    Amo esse poema, principalmente o
    último verso que sempre correu solto pelo Brasil inteiro:

    "Ser mãe é chorar sorrindo!
    Ser mãe é ter o mundo e não ter nada!
    Ser mãe é sofrer no paraíso!"

    É maravilhoso!
    Um bom restinho de feriado de carnaval
    muita paz e saúde!
    Beijos, amiga, ótimo ler você, estar aqui.

    RépondreSupprimer
  4. Que bom Ângela ver você por aqui com suas belas colheitas pelo mundo da poesia. Coelho Neto é muito bom com seus sonetos, aqui com está loa às mães, seres máximos em nossas vidas. Uma tradição perfeita amiga.
    Carinhoso abraço e paz no coração.
    Bom te ver.

    RépondreSupprimer
  5. Tão linda tua escolha ,Angela!
    Essec poema é famoso, sempre lembrado! Um lindo dia de Crnaval e restante da semana! beijos, chica

    RépondreSupprimer
  6. Oi, Ângela, meu comentário não entrou! Dê uma olhada no spam!
    Beijo, amiga!

    RépondreSupprimer
  7. Oi Angela
    Faz tempor que nao te vejo por aqui. Acho que perdi o link , vou levar de novo. rs
    Gostei dos poemas do maranhense , não conhecia e parabéns pela tradução perfeita.
    Um abraço e bons dias

    RépondreSupprimer

Merci de tout coeur pour vos visites et commentaires!